Pequena História do Violão | Tocar violão
aula-de-viol%C3%A3o-cl%C3%A1ssico.jpg

A Guitarra no Século XVI

Estudar a História do Violão é como assistir a um documentário de alguma emissora de TV por assinatura, você acredita que terá alguma novidade marcante ou determinante,mas que ao chegar ao final você percebe que o fim não é diferente do começo do documentário.

Não existe nada determinante na História do Violão, apenas hipóteses,sendo algumas mais defendidas que as outras pelos pesquisadores deste instrumento.

De qualquer forma acredita-se firmemente que o violão tenha tido seu inicio na Espanha e as duas hipóteses mais defendidas sobre a História do Violão tratam de revelar a origem do instrumento que influenciou o nascimento do instrumento que hoje chamamos de violão.

Alaúde

Apesar de Existir mais do que duas hipóteses para explicar a origem do violão as duas mais abordadas são as seguintes:

A primeira hipótese sugere que o Violão seja derivado do ALAÚDE ÁRABE tendo sido levado a Península Ibérica no período das invasões muçulmanas tendo ocorrido a conquista da península ibérica por volta de 711-718 D.C.

A segunda Hipótese sugere que o violão tenha sido derivado da KHETARA GREGA também conhecida como CÍTARA ROMANA devido o dominio do Império Romano.

Nesta hipótese o Instrumento teria chegado a península Ibérica por volta do século I D.C com os Romanos e este instrumento se assemelhava à LIRA que com o passar do tempo foi se transformando até chegar a ser tocado na posição horizontal.

Acredita-se que tanto o ALAÚDE ÁRABE quanto a KHETARA GREGA (CÍTARA ROMANA ) conviveram juntos a partir do século VIII na Espanha.

A razão de se acreditar nesta afirmação está nas descrições feitas no século XIII Pelo Rei de Castela e Leão,Afonso o sábio quanto a existência de dois instrumentos distintos com as seguintes características:

O primeiro era chamado de “guitarra moura” e era derivado do alaúde árabe. Este instrumento possuía o formato oval, desenhos e incrustações árabes; possuía três pares de cordas e era tocado com um plectro (palheta); possuía um som ruidoso. O outro era chamado de “guitarra latina” derivado da Khetara grega.

Ele tinha o formato de 8 com incrustações laterais, o fundo era plano e possuía quatro pares de cordas. Era tocado com os dedos e seu som era suave, sendo que o
primeiro estava nas mãos de um instrumentista árabe e o segundo, de um instrumentista com aparência romana.

Com base nas informações dadas acima podemos concluir que os instrumentos que existiam na Espanha naquela época influenciaram o surgimento do Violão.

Uma Informação que não pode ser deixada de lado sobre a origem do Violão é que ele pode ter suas origens enraizadas com o inicio da civilização humana,isto porque foram encontradas pinturas em paredes de cavernas e que podem datar de milhares de Anos antes de cristo.

A História do Violão no Brasil

O Violão tem esse nome apenas no Brasil e em Portugal sendo usado,pois no resto do mundo esse instrumento é conhecido como GUITARRA ou qualquer palavra semelhante a esta, o que depende do idioma.

Aqui no Brasil a palavra GUITARRA é usada como referência à GUITARRA ELÉTRICA.

Em inglês se faz uso das seguintes expressões para distinguir os dois instrumentos:

**VIOLÃO= ACOUSTIC GUITAR

GUITARRA=ELETRIC GUITAR**

No Brasil nos referimos ao Violão pelo fato de que em Portugal eles tinham/tem um instrumento chamado viola nos mesmos moldes que o violão e que ao chegar à Portugal eles,os Portugueses, logo deram o nome de viola no aumentativo, ou seja, VIOLÃO.

Sendo o Brasil colonizado pelos portugueses fica claro o motivo do nome VIOLÃO a este instrumento que é conhecido como guitarra no mundo todo.

Existem ainda outras hipóteses sobre a origem do instrumento,mas essas são certamente as mais conhecidas,difundidas e aceitas,pela maioria pelo menos.

As Características do Violão Clássico

Hoje em dia temos diversos tipos ou modelos de violões,mas as características do “violão clássico” ou “modelo tradicional” se deu na segunda metade do século XIX por Antonio Torres,um luthier Espanhol.

O grande mérito de Torres foi estabelecer o desenho definitivo do violão, mais precisamente o formato e as dimensões da caixa acústica. Aperfeiçoou a forma de 8
combinando as faixas acinturadas com um bojo maior, aumentando também a altura das faixas, o que trouxe notável melhora na sonoridade do instrumento, tanto em volume, quanto em timbre, em comparação aos modelos mais antigos, de caixa acústica menor, faixas estreitas e cintura pouco pronunciada.

Cronologia da Pequena História do Violão

O Vídeo Abaixo é excelente para resumir o que foi exposto acima:

Cronologicamente poderíamos colocar as possíveis hipóteses sobre o surgimento do violão na seguinte ordem:

A história do Violão está enraizada com a história do incio da civilização humana devido as pinturas encontradas nas paredes das cavernas com representações de instrumentos de corda;

O violão seria derivado da CÍTARA ROMANA (KHETARA GREGA) levada pelos Romanos à Península Ibérica no Século I;

O Violão Seria derivado do Alaúde árabe levado a península Ibérica no período das invasões muçulmanas;

Este foi um artigo bem resumido sobre a História do Violão, Mas que deve servir para dar uma visão do que foi ou pode ter sido as origens do violão.

Se ele foi derivado do alaúde,da vihuela ou da “guitarra” (antiga) ou até ter surgido com influencia de todos esses (ou de nenhum) nós não podemos afirmar com plena certeza,mas o mais importante é que o temos e ele é um dos instrumentos mais conhecidos e desejados pela maioria das pessoas para tocar.

O que achou deste artigo?

Deixe seu comentário abaixo,seja para elogiar,criticar,acrescentar ou clarificar mais o assunto.

Até a próxima,

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License